Picos das Almas e Itobira, Cachoeira da Boa Sentença, Poço das Andorinhas, Comunidades

Subida ao Pico das Almas, banho nas Cachoeias da Boa Sentença, visita aos povoados quilombolas de Bananal e Barra, Vista ao Povoado português de Mato Grosso, subida ao Mirante do Bittencourt a 1600m, banho e caminhada até o Poço das Andorinhas, Subida ao Pico do Itobira 

Descrição dos roteiros

Dia 01 - Fazenda Silvina / Vale do Queiróz / Mata das Almas / Portal das Almas / Paredão das Almas / Ataque ao cume - Partida de Rio de Contas até o início da trilha, a caminhada inicia em nível médio com passagem por varios tipos de plantas como orquídeas, bromélias, calhandras, velósias, etc. Passagem pelo Vale do Queiróz uma vasta planície com formações rochosas únicas em toda a chapada. Passagem por uma área de mata nativa e início da subida até o topo. Lá do alto o visitante avista a cidade vizinha de Livramento de Nossa Senhora, os Campos Gerais da cidade de Rio de Contas, a comunidade portuguesa de Mato Grosso, o Pico do Itobira (1.700), parte do Pico do Barbado (2.033m), e uma vasta cadeia de montanhas. Volta para o carro e volta para o centro de Rio de Contas. 

Dia 02 - Cachoeira da Boa Sentença / Mirante Aeroporto - Transfer de cera de duas horas até o início da trilha e caminhada plana até o iníco do Riacho do Morcego, com parada para banho e contemplação das quedas d’água, com vários poços ideais ao banho, após o banho caminhada de volta até o carro e volta para a sede. Na volta os visitantes poderão ver parte da cadeia montanhosa que envolve a cidade de Rio de Contas, é parte da Serra das Almas, passagem pelo Mirante Aeroporto para vista e contemplação da cidade de Rio de Contas do alto a cerca de 1.200 metros de altitude. 

Dia 03 - Mirtante do Junco / Comunidades de Bananal, Barra e Mato Grosso / Ponte do Coronel / Mirante do Bittencourt - Partida da sede com passagem pela Barragem do Rio Brumado, passagem pelo Mirante do Junco com visita panorâmica de parte de Rio de Contas, visita ao povoado quilombola de Bananal, visita ao povoado quilombola de Barra, e após a visita dos povoados banho na Ponte do Coronel, após o banho visita ao povoado português de Mato Grosso, com altitude de 1.450 metros, e para finalizar subida ao Mirante do Bittencourt com vista panorâmica da cidade de Rio de Contas e arredores a cerca de 1.600 metros de altitude. 

Dia 04 - Poço das Andorinhas / Mirane Aeroporto - Transfer de carro até o início da trilha e após cerca de uma hora e meia inicia a caminhada em direção as cachoeiras, após cerca de vinte minutos de caminhada já chegaremos ao primeiro poço, seguido de uma cachoeira com cerca de dez metros, a caminhada inicia até o segundo poço com parada para banho, após o banho a caminhada continua até o Poço das Andorinhas. Após o banho é hora de fazer o caminho de volta com mais paradas para banho no Poço do Pinga Pinga e outros poços, caminhada de volta até o carro e volta para a sede. 

 

Dia 05 - Mirante do Camburú / Cachoeira do Camburú / Ataque ao Cume / Vista panorâmica do Alto - Transfer de uma hora e meia até o início da trilha, a caminhada inicia em nível médio mas a medida que vai se aproximando o nível de dificuldade se eleva. Parada na Cachoeira do Camburu para contemplação. Após cerca de uma hora e meia de caminhada os visitanes avistarão a montanha de frente, um imenso paredão de pedra. Parada para reabastecer os cantis e para tirar fotografias, em seguida vem o ataque até o topo, sendo necessário cuidados para evitar escorregões. Ao chegar ao topo os visitantes terão uma completa vista da região de Rio de Contas e arredores, sendo possivel em dias claros avistar parte da cadeia de montanhas da Serra do Sincorá. Após contemplação inicia a caminhada de volta até o carro e volta para a sede.